Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

MATEUS-7- PROVÉRBIOS-12

Julgar os outros

1 "Não julguem, para que vocês não sejam julgados.
2 Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.
3 "Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?
4 Como você pode dizer ao seu irmão: 'Deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando há uma viga no seu?
5 Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.
6 "Não deem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão.

Peça, procure, bata

7 "Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta.
8 Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.
9 "Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra?
10 Ou, se pedir peixe, lhe dará uma cobra?
11 Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem!
12 Assim, em tudo, façam aos outros o que vocês querem que eles façam a vocês; pois esta é a Lei e os Profetas.

Duas portas

13 "Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela.
14 Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.

A árvore e os seus frutos

15 "Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores.
16 Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?
17 Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins.
18 A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons.
19 Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo.
20 Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!
21 "Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor', entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.
22 Muitos me dirão naquele dia: 'Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?'
23 Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês que praticam o mal!

A casa sobre a rocha

24 "Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha.
25 Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha.
26 Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia.
27 Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda".
28 Quando Jesus acabou de dizer essas coisas, as multidões estavam maravilhadas com o seu ensino,
29 porque ele as ensinava como quem tem autoridade, e não como os mestres da lei. 
Todo o que ama a disciplina
ama o conhecimento,
mas aquele que odeia a repreensão é tolo.
2 O homem bom
obtém o favor do Senhor,
mas o que planeja maldades
o Senhor condena.
3 Ninguém consegue se firmar
mediante a impiedade,
e não se pode desarraigar o justo.
4 A mulher exemplar
é a coroa do seu marido,
mas a de comportamento vergonhoso
é como câncer em seus ossos.
5 Os planos dos justos são retos,
mas o conselho dos ímpios é enganoso.
6 As palavras dos ímpios
são emboscadas mortais,
mas quando os justos falam há livramento.
7 Os ímpios são derrubados e desaparecem,
mas a casa dos justos permanece firme.
8 O homem é louvado
segundo a sua sabedoria,
mas o que tem o coração perverso
é desprezado.
9 Melhor é não ser ninguém
e, ainda assim, ter quem o sirva,
do que fingir ser alguém
e não ter comida.
10 O justo cuida bem dos seus rebanhos,
mas até os atos mais bondosos dos ímpios
são cruéis.
11 Quem trabalha a sua terra
terá fartura de alimento,
mas quem vai atrás de fantasias
não tem juízo.
12 Os ímpios cobiçam
o despojo tomado pelos maus,
mas a raiz do justo floresce.
13 O mau se enreda em seu falar pecaminoso,
mas o justo não cai nessas dificuldades.
14 Do fruto de sua boca
o homem se beneficia,
e o trabalho de suas mãos
será recompensado.
15 O caminho do insensato
parece-lhe justo,
mas o sábio ouve os conselhos.
16 O insensato revela de imediato
o seu aborrecimento,
mas o homem prudente ignora o insulto.
17 A testemunha fiel
dá testemunho honesto,
mas a testemunha falsa conta mentiras.
18 Há palavras que ferem como espada,
mas a língua dos sábios traz a cura.
19 Os lábios que dizem a verdade
permanecem para sempre,
mas a língua mentirosa
dura apenas um instante.
20 O engano está no coração
dos que maquinam o mal,
mas a alegria está
no meio dos que promovem a paz.
21 Nenhum mal atingirá o justo,
mas os ímpios
estão cobertos de problemas.
22 O Senhor odeia os lábios mentirosos,
mas se deleita com os que falam a verdade.
23 O homem prudente
não alardeia o seu conhecimento,
mas o coração dos tolos
derrama insensatez.
24 As mãos diligentes governarão,
mas os preguiçosos acabarão escravos.
25 O coração ansioso deprime o homem,
mas uma palavra bondosa o anima.
26 O homem honesto
é cauteloso em suas amizades,
mas o caminho dos ímpios
os leva a perder-se.
27 O preguiçoso não aproveita a sua caça,
mas o diligente dá valor a seus bens.
28 No caminho da justiça está a vida;
essa é a vereda que nos preserva da morte.


Postar um comentário