Pesquisar este blog

quinta-feira, 21 de março de 2013

MATEUS-11-PROVÉRBIOS-2


Jesus e João Baptista

1 Quando acabou de instruir seus doze discípulos, Jesus saiu para ensinar e pregar nas cidades da Galileia.
2 João, ao ouvir na prisão o que Cristo estava fazendo, enviou seus discípulos para lhe perguntarem:
3 "És tu aquele que haveria de vir ou devemos esperar algum outro?"
4 Jesus respondeu: "Voltem e anunciem a João o que vocês estão ouvindo e vendo:
5 os cegos veem, os aleijados andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e as boas-novas são pregadas aos pobres;
6 e feliz é aquele que não se escandaliza por minha causa".
7 Enquanto saíam os discípulos de João, Jesus começou a falar à multidão a respeito de João: "O que vocês foram ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento?
8 Ou, o que foram ver? Um homem vestido de roupas finas? Ora, os que usam roupas finas estão nos palácios reais.
9 Afinal, o que foram ver? Um profeta? Sim, eu digo a vocês, e mais que profeta.
10 Este é aquele a respeito de quem está escrito: " 'Enviarei o meu mensageiro à tua frente; ele preparará o teu caminho diante de ti'.
11 Digo a verdade a vocês: Do meio dos nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele.
12 Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele.
13 Pois todos os Profetas e a Lei profetizaram até João.
14 E se vocês quiserem aceitar, este é o Elias que havia de vir.
15 Aquele que tem ouvidos, ouça!
16 "A que posso comparar esta geração? São como crianças que ficam sentadas nas praças e gritam umas às outras:
17 " 'Nós tocamos flauta, mas vocês não dançaram; cantamos um lamento, mas vocês não se entristeceram'.
18 Pois veio João, que jejua e não bebe vinho, e dizem: 'Ele tem demônio'.
19 Veio o Filho do homem comendo e bebendo, e dizem: 'Aí está um comilão e beberrão, amigo de publicanos e pecadores'. Mas a sabedoria é comprovada pelas obras que a acompanham".

Aviso às cidades impenitentes

20 Então Jesus começou a denunciar as cidades em que havia sido realizada a maioria dos seus milagres, porque não se arrependeram.
21 "Ai de você, Corazim! Ai de você, Betsaida! Porque se os milagres que foram realizados entre vocês tivessem sido realizados em Tiro e Sidom, há muito tempo elas se teriam arrependido, vestindo roupas de saco e cobrindo-se de cinzas.
22 Mas eu afirmo que no dia do juízo haverá menor rigor para Tiro e Sidom do que para vocês.
23 E você, Cafarnaum, será elevada até ao céu? Não, você descerá até o Hades! Se os milagres que em você foram realizados tivessem sido realizados em Sodoma, ela teria permanecido até hoje.
24 Mas eu afirmo que no dia do juízo haverá menor rigor para Sodoma do que para você".

Descanso para os cansados

25 Naquela ocasião, Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos.
26 Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.
27 "Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.
28 "Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês.
29 Tomem sobre o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
30 Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve
   


Benefícios morais da sabedoria

1 Meu filho, se você aceitar as minhas palavras e guardar no coração os meus mandamentos;
2 se der ouvidos à sabedoria e inclinar o coração para o discernimento;
3 se clamar por entendimento e por discernimento gritar bem alto;
4 se procurar a sabedoria como se procura a prata e buscá-la como quem busca um tesouro escondido,
5 então você entenderá o que é temer o Senhor e achará o conhecimento de Deus.
6 Pois o Senhor é quem dá sabedoria; de sua boca procedem o conhecimento e o discernimento.
7 Ele reserva a sensatez para o justo; como um escudo protege quem anda com integridade,
8 pois guarda a vereda do justo e protege o caminho de seus fiéis.
9 Então você entenderá o que é justo, direito e certo e aprenderá os caminhos do bem.
10 Pois a sabedoria entrará em seu coração, e o conhecimento será agradável à sua alma.
11 O bom senso o guardará, e o discernimento o protegerá.
12 A sabedoria o livrará do caminho dos maus, dos homens de palavras perversas -
13 que abandonam as veredas retas para andarem por caminhos de trevas -,
14 têm prazer em fazer o mal, exultam com a maldade dos perversos,
15 andam por veredas tortuosas e no caminho se extraviam.
16 Ela também o livrará da mulher imoral, da pervertida que seduz com suas palavras,
17 que abandona aquele que desde a juventude foi seu companheiro e ignora a aliança que fez diante de Deus.
18 A mulher imoral se dirige para a morte, que é a sua casa, e os seus caminhos levam às sombras.
19 Os que a procuram jamais voltarão, nem tornarão a encontrar as veredas da vida.
20 A sabedoria o fará andar nos caminhos dos homens de bem e manter-se nas veredas dos justos.
21 Pois os justos habitarão na terra, e os íntegros nela permanecerão;
22 mas os ímpios serão eliminados da terra, e dela os infiéis serão arrancados.

Postar um comentário