Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

SALMO 25 Davi roga a Deus que o livre dos seus inimigos e lhe perdoe os pecados


     A TI,Senhor, levanto a minha alma.

   Deus meu, em ti confio,não me deixes confundido, 

   Nem que os meus inimigos triunfem sobre mim.

   Na verdade, não serão confundidos os que esperam

   Em ti; confundidos serão os que trasgridem sem causa

   Fazer-me saber os teus caminhos, senhor;ensina-me ,

   As tuas veredas.

   Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois tu és o ;

   Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo,

   DIA;

   Lembra-te, senhor, das tuas misericórdia e das tuas,

   Benignidade, por que são desde a eternidade.

   Não te lembres dos pecados da minha mocidade, nem

   Das minhas transgressões;mas, segundo a tua ,

   Misericordia, lembra-te de mim, por tua bondade ;

   Senhor.

   Bom e reto é o senhor, pelo que ensinará o caminho ,

   Aos pecadores.

   Guiará os mansos retamente; e aos mansos ensinará,

   O seu caminho.

   TODAS as veredas do senhor são misericordias e,

    Verdade para aqueles que guardam o seu concerto e

   Seus testemunhos.

   Por amor do teu nome Senhor, perdoa a minha ;
   
   iniquidade, pois é grande.

   Qual é o homem que teme ao senhor?ele o encimará o 
  
   Caminho que devo escolher.

   A sua alma pousará no bem, e a sua descendê cia;
  
   Herdará a terra.

   O segredo do senhor é para os que o temem;e ele lhe;

   Fará saber o seu concerto.


   

    
Postar um comentário