Pesquisar este blog

sexta-feira, 29 de março de 2013

JOÃO-13-JOÃO-15


Jesus lava os pés aos discípulos

1 Um pouco antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que havia chegado o tempo em que deixaria este mundo e iria para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
2 Estava sendo servido o jantar, e o Diabo já havia induzido Judas Iscariotes, filho de Simão, a trair Jesus.
3 Jesus sabia que o Pai havia colocado todas as coisas debaixo do seu poder, e que viera de Deus e estava voltando para Deus;
4 assim, levantou-se da mesa, tirou sua capa e colocou uma toalha em volta da cintura.
5 Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura.
6 Chegou-se a Simão Pedro, que lhe disse: "Senhor, vais lavar os meus pés?"
7 Respondeu Jesus: "Você não compreende agora o que estou fazendo a você; mais tarde, porém, entenderá".
8 Disse Pedro: "Não; nunca lavarás os meus pés!". Jesus respondeu: "Se eu não os lavar, você não terá parte comigo".
9 Respondeu Simão Pedro: "Então, Senhor, não apenas os meus pés, mas também as minhas mãos e a minha cabeça!"
10 Respondeu Jesus: "Quem já se banhou precisa apenas lavar os pés; todo o seu corpo está limpo. Vocês estão limpos, mas nem todos".
11 Pois ele sabia quem iria traí-lo e, por isso, disse que nem todos estavam limpos.
12 Quando terminou de lavar-lhes os pés, Jesus tornou a vestir sua capa e voltou ao seu lugar. Então lhes perguntou: "Vocês entendem o que fiz a vocês?
13 Vocês me chamam 'Mestre' e 'Senhor', e com razão, pois eu o sou.
14 Pois bem, se eu, sendo Senhor e Mestre de vocês, lavei os seus pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros.
15 Eu dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz.
16 Digo verdadeiramente que nenhum escravo é maior do que o seu senhor, como também nenhum mensageiro é maior do que aquele que o enviou.
17 Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem.

Jesus fala da traição

18 "Não estou me referindo a todos vocês; conheço os que escolhi. Mas isto acontece para que se cumpra a Escritura: 'Aquele que partilhava do meu pão voltou-se contra mim'.
19 "Estou dizendo antes que aconteça, a fim de que, quando acontecer, vocês creiam que Eu Sou.
20 Eu garanto: Quem receber aquele que eu enviar estará me recebendo; e quem me recebe recebe aquele que me enviou".
21 Depois de dizer isso, Jesus perturbou-se em espírito e declarou: "Digo que certamente um de vocês me trairá".
22 Seus discípulos olharam uns para os outros, sem saber a quem ele se referia.
23 Um deles, o discípulo a quem Jesus amava, estava reclinado ao lado dele.
24 Simão Pedro fez sinais para esse discípulo, como a dizer: "Pergunte-lhe a quem ele está se referindo".
25 Inclinando-se esse discípulo para Jesus, perguntou-lhe: "Senhor, quem é?"
26 Respondeu Jesus: "Aquele a quem eu der este pedaço de pão molhado no prato". Então, molhando o pedaço de pão, deu-o a Judas Iscariotes, filho de Simão.
27 Tão logo Judas comeu o pão, Satanás entrou nele. "O que você está para fazer, faça depressa", disse-lhe Jesus.
28 Mas ninguém à mesa entendeu por que Jesus lhe disse isso.
29 Visto que Judas era o encarregado do dinheiro, alguns pensaram que Jesus estava lhe dizendo que comprasse o necessário para a festa, ou que desse algo aos pobres.
30 Assim que comeu o pão, Judas saiu. E era noite.

Jesus prediz que Pedro o vai negar

31 Depois que Judas saiu, Jesus disse: "Agora o Filho do homem é glorificado, e Deus é glorificado nele.
32 Se Deus é glorificado nele, Deus também glorificará o Filho nele mesmo, e o glorificará em breve.
33 "Meus filhinhos, vou estar com vocês apenas mais um pouco. Vocês procurarão por mim e, como eu disse aos judeus, agora digo a vocês: Para onde eu vou, vocês não podem ir.
34 "Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros.
35 Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros".
36 Simão Pedro lhe perguntou: "Senhor, para onde vais?" Jesus respondeu: "Para onde vou, vocês não podem seguir-me agora, mas me seguirão mais tarde".
37 Pedro perguntou: "Senhor, por que não posso seguir-te agora? Darei a minha vida por ti!"
38 Então Jesus respondeu: "Você dará a vida por mim? Asseguro que, antes que o galo cante, você me negará três vezes!

A videira e os ramos

1 "Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.
2 Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.
3 Vocês já estão limpos, pela palavra que tenho falado.
4 Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto se não permanecerem em mim.
5 "Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.
6 Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados.
7 Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e será concedido.
8 Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos.
9 "Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor.
10 Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.
11 Tenho dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.
12 O meu mandamento é este: Amem-se uns aos outros como eu os amei.
13 Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.
14 Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu ordeno.
15 Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu tornei conhecido a vocês.
16 Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, a fim de que o Pai conceda a vocês o que pedirem em meu nome.
17 Este é o meu mandamento: Amem-se uns aos outros.

O mundo odeia os discípulos

18 "Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes me odiou.
19 Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia.
20 Lembrem-se das palavras que eu disse: Nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também perseguirão vocês. Se obedeceram à minha palavra, também obedecerão à de vocês.
21 Tratarão assim vocês por causa do meu nome, pois não conhecem aquele que me enviou.
22 Se eu não tivesse vindo e falado a vocês, não seriam culpados de pecado. Agora, contudo, eles não têm desculpa para o seu pecado.
23 Aquele que me odeia, também odeia o meu Pai.
24 Se eu não tivesse realizado no meio deles obras que ninguém mais fez, eles não seriam culpados de pecado. Mas agora eles as viram e odiaram a mim e a meu Pai.
25 Mas isto aconteceu para se cumprir o que está escrito na Lei deles: 'Odiaram-me sem razão'.
26 "Quando vier o Conselheiro, que eu enviarei a vocês da parte do Pai, o Espírito da verdade que provém do Pai, ele testemunhará a meu respeito.
27 E vocês também testemunharão, pois estão comigo desde o princípio.

Postar um comentário