Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de agosto de 2014

TIAGO-3;1-18-Provérbios-25


Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.
Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.
Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.
Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.
Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.
A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.
Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;
Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.
Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.
Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?
Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.
¶ Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.
Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.
Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.
Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.
Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.
Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.

Tiago 3:1-18
Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.
¶ A glória de Deus está nas coisas encobertas; mas a honra dos reis, está em descobri-las.
Os céus, pela altura, e a terra, pela profundidade, assim o coração dos reis é insondável.
¶ Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor;
Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.
¶ Não te glories na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;
Porque melhor é que te digam: Sobe aqui; do que seres humilhado diante do príncipe que os teus olhos já viram.
¶ Não te precipites em litigar, para que depois, ao fim, fiques sem ação, quando teu próximo te puser em apuros.
Pleiteia a tua causa com o teu próximo, e não reveles o segredo a outrem,
Para que não te desonre o que o ouvir, e a tua infâmia não se aparte de ti.
¶ Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.
Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro fino, assim é o sábio repreensor para o ouvido atento.
¶ Como o frio da neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam; porque refresca a alma dos seus senhores.
¶ Como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas.
¶ Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda amolece até os ossos.
¶ Achaste mel? come só o que te basta; para que porventura não te fartes dele, e o venhas a vomitar.
¶ Não ponhas muito os pés na casa do teu próximo; para que se não enfade de ti, e passe a te odiar.
¶ Martelo, espada e flecha aguda é o homem que profere falso testemunho contra o seu próximo.
¶ Como dente quebrado, e pé desconjuntado, é a confiança no desleal, no tempo da angústia.
¶ O que canta canções para o coração aflito é como aquele que despe a roupa num dia de frio, ou como o vinagre sobre salitre.
¶ Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber;
Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o Senhor to retribuirá.
¶ O vento norte afugenta a chuva, e a face irada, a língua fingida.
¶ Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla.
¶ Como água fresca para a alma cansada, tais são as boas novas vindas da terra distante.
¶ Como fonte turvada, e manancial poluído, assim é o justo que cede diante do ímpio.
¶ Comer mel demais não é bom; assim, a busca da própria glória não é glória.
¶ Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

Provérbios 25:1-28
Postar um comentário