Pesquisar este blog

sábado, 27 de julho de 2013

ORAÇÃO DE SOCORRO E SALMO 5



Senhor jesus esta dentro, do meu coração
Todo amor que sinto por ti,presizo do teu;
Socorro senhor para poder fica de pé mim
Recupera de tanta dor, angustia tristeza.
Que em vade meu coração sinto-mim tão
Sozinha neste mundo,amado jesus mim;
Ajudar senhor tem misericórdia de mim.
Ouvir a minha oração senhor,vem ao meu.
Socorro senhor jesus, abre as portas que;
Estão fechadas senhor, vem toca em mim.
Senhor jesus, vem trazer de volta as minhas forças minha coragem de enfrenta
As tempestades da vida ó pai, vem mim,
Acalma senhor jesus, toca em minha alma
Traz luz paz força esperança para meu,
Coração dão sofrido senhor.
Seja meu dia o jesus auxilia-me senhor.
Por onde andar,ilumina as estradas.
Da vida senhor, vem em auxilio a minha casa senhor, toca os meus familiares.
Com seu grande e eterno amor que esta.
Oração toca em teu trono o pai.
Com amor e paz presizo de te senhor.
Assim como tenho sede, de água tenho sede de tua palavra de teu assilho senhor Jesus sou a terra seca precisando de Chuva sou a andorinha que se feriu nas Assas e precisa de se cura para voar, em Teu céu senhor jesus, vem amado pai Socorre os teus filhos, aqui mesta terra, 
O Deus olha nós meus, olhos o senhor Jesus não mim deixe confundido, na presença dos meus inimigos senhor mim faz forte guerreiro com as armas celestiais Senhor jesus te agradeço o pai amado
AMÉM





 1 Escuta, Senhor, as minhas palavras, considera o meu gemer.
2 Atenta para o meu grito de socorro, meu Rei e meu Deus, pois é a ti que imploro.
3 De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança.
4 Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar.
5 Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal.
6 Destróis os mentirosos; os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.
7 Eu, porém, pelo teu grande amor,
8 entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo. Conduze-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplaina o teu caminho diante de mim.
9 Em seus lábios não há palavra confiável; a mente deles só trama destruição. A garganta é um túmulo aberto; com a língua enganam sutilmente.
10 Condena-os, ó Deus! Caiam eles por suas próprias maquinações. Expulsa-os por causa dos seus muitos crimes, pois se rebelaram contra ti.
11 Alegrem-se, porém, todos os que se refugiam em ti; cantem sempre de alegria! Estende sobre eles a tua proteção. Em ti exultem os que amam o teu nome.
12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo; o teu favor o protege como um escudo.

Postar um comentário