Pesquisar este blog

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

     








       Á LUZ DO CAMINHO É JESUS VIVA.

     Sempre a pregar,João não parava sempre,
     A luta no deserto pregava á palavra de Deus.
     Seja João, NÃO  pare não eu, presizo de;
     Você João pode mim ver, vou grita como,
     JOÃO NO DESERTO do seu coração poder,
     CRÊ estou vendo você, sei que também pode  
     MIM ver. na palavra DEUS é o mel de João.
     A palavra traz vida, e o inimigo com o mal,
     Como gafanhoto, destrói o sonho a vida.
     FÉ, FÉ EM DEUS EM JESUS.
     FALE COMO JOÃO.
     LUTE COMO JOÃO SEJA UM JOÃO.
     AME JESUS POR QUE ELE TE AMAR.


Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia,
2 dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
3 Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que diz: Voz do que clama no deserto; Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.
4 Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre.
5 Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,
6 e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.
7 Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira vindoura?
8 Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento,
9 e não queirais dizer dentro de vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que mesmo destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão.
10 E já está posto o machado á raiz das árvores; toda árvore, pois que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo.
11 Eu, na verdade, vos batizo em água, na base do arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, que nem sou digno de levar-lhe as alparcas; ele vos batizará no Espírito Santo, e em fogo.
12 A sua pá ele tem na mão, e limpará bem a sua eira; recolherá o seu trigo ao celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível.















Postar um comentário